Tabela Imposto de Renda 2018 – Tudo o que você precisa saber a respeito

Entender a Tabela Imposto de Renda 2018 é forma mais fácil de compreender como funciona o imposto de renda e entender informações básicas tais como: quanto de imposto devo pagar por mês? Quando declarar o imposto de renda 2018? Deve ou não fazer a declaração? Quais situações permitem a dedução do Imposto de Renda? Terei deireito a restituição do Imposto de Renda 2018?

Neste posts vamos procurar responder todas essas questões, de modo que o Imposto de Renda 2018 deixe de ser uma preocupação.

Imposto de Renda – O que e?

O Imposto de Renda Pessoa Física é um imposto de competência da União, cuja arrecadação e fiscalização está a cargo da Receita Federal do Brasil.

Incide sobre a renda e os proventos pessoas físicas de jurídicas que residem no Brasil ou no exterior (que recebam rendimentos de fontes no Brasil) e exerçam atividade remuneradas. Apresenta várias alíquotas que variam de acordo com a renda.Essas alíquotas estão apresentadas numa tabela divulgada anualmente pela Receita Federal do Brasil.

Algumas pessoas físicas e jurídicas possuem isenção na incidência de imposto. Consulte aqui quais são.

Tabela Imposto de Renda 2018 mensal e anual

Tabela Imposto de Renda 2018 mensal

Tabela Imposto de Renda 2018

Tabela Imposto de Renda 2018

Segundo divulgado pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, a tabela IR 2018 foi corrigida em 5,6% incidindo sobre todas as faixas. Nessa nova configuração apenas os contribuintes que recebem até R$ 1.903,98 mensais estarão isento do pagamento do imposto, que é equivalente a 11,5 milhões de trabalhadores.

Tabela Imposto de Renda 2018 Anual

Com a tabela de incidência anual do imposto, por oferecer uma visão mais ampla, lhe permite efetivamente decidir se sua declaração será o tipo completo ou simplificado, se terá direito a restituição ou se terá de pagar imposto.

Tabela Imposto de Renda 2018

Base de cálculo da tabela Imposto de Renda 2018

A base de cálculo do IR 2018 devido é apurada pela diferença entre a soma dos rendimentos recebidos durante o ano-calendário (exceto os isentos, não-tributáveis, tributáveis exclusivamente na fonte ou sujeitos a tributação definitiva) e as deduções permitidas na legislação (confira abaixo a tabela de dedução por dependente).

Simplificando o que foi dito anteriormente, para saber a base de cálculo você deve somar os rendimentos brutos (sem os descontos legais) recebidos no ano de 2016 (ano base). Essas informações podem ser encontradas no “contracheque” fornecido por sua fonte pagadora.

Exemplo: Se você recebe o equivalente a R$ 1.500,00 mensais (sem os descontos legais) multiplicado por 12 meses de 2016, terá recebido cerca de R$ 18.000,00.

Neste caso você estará isento do pagamento do imposto.

Mas se você recebe o equivalente a R$ 3.500,00 mensais X 12 meses, resultando em R$ 42.000,00 no ano.

Neste caso terá de pagar cerca de 15% de R$ 42.000,00, que equivale a R$ 6.300,00.

Observação: no exemplo acima, na ocasião da declaração do imposto será considerado o valor do IR que foi descontado mensalmente subtraindo R$ 6.300,00.

Dedução por dependente

    Tabela Imposto de Renda 2018

Veja também:

 

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
%d blogueiros gostam disto: